The Vampire Diaries : Comentários sobre o último episódio

Chegou ao fim! 

Após longas 8 temporadas com diversos dramas e reviravoltas, em entrevista à Entertainment Weekly, os atores de The Vampire Diaries contaram como foram suas reações ao episódio final da série, exibido nesta sexta-feira (10) nos EUA.

Leia os comentários:

Ian Somerhalder (Damon Salvatore): “Bem, não é o final que Paul Wesley [seu irmão na série] e eu sempre pensamos que teríamos – apenas os dois brothers só de sunga na praia bebendo rum. Essas coisas são difíceis de escrever. Você obviamente quer fazer um tributo a um público por ter acompanhado esta jornada tão longa com você. Os próprios escritores querem fazer valer a pena por sua própria integridade artística. E por isso é invariavelmente difícil satisfazer a todos, e é isso que eu acho tão interessante sobre os desfechos de programas de TV que as pessoas continuam a discutir. Você nunca vai satisfazer a maioria das pessoas. A interpretação que você deixa é o que você deixa. Este é o fim do nosso programa”.

Paul Wesley (Stefan Salvatore): “Eu vinha dizendo a eles que eu acho que Stefan deveria morrer. Ele tem sido o Estripador; foi ele quem fez com que seu irmão se transformasse em um vampiro. Todos os assassinatos que Damon cometeu foram realmente culpa minha, se você for ver a origem da coisa. Eu senti que de certa forma ele era o herói da história e que fazia sentido ele morrer no final. Eles ficaram me enganando e disseram que ele não iria morrer, então eles realmente ficaram me provocando por alguns meses. Eu li o roteiro final em um avião. Nos cinco primeiros atos, eu fiquei tipo: ‘Ok, sim, isso é interessante’, mas foi o sexto ato que realmente me surpreendeu. E então o sexto ato eu fiquei com os olhos marejados e eu nunca choro quanto às coisas sentimentais do Vampire Diaries. Eu acredito que o final dele foi poderoso”.

Nina Dobrev (Elena Gilbert/Katherine Pierce): “Estou satisfeita com a maneira como o programa terminou – o fato de que Elena encontra a paz e se torna humana, que é o que ela sempre quis. Ela fica com o homem que ela ama, que é o que ela sempre quis. Ela consegue dizer adeus ao seu antigo amor que agora é seu melhor amigo. Chorei durante vários momentos. Eu não tive a chance de estar no final de leitura com o staff, infelizmente, mas talvez seja melhor assim porque eu teria ficado arrasada. Eu chorei durante os últimos momentos de Stefan e Caroline, porque isso partiu o meu coração. Eu chorei no final quando eu li que Elena estava escrevendo no diário novamente, quando Elena basicamente diz a mesma frase que eu fiz no episódio piloto há oito anos atrás”.

Candice King (Caroline Forbes): “Como telespectadora e amante dos finais de séries, da perspectiva dos fãs, acho que foi incrivelmente gratificante e emocionante; deixa as portas abertas, mas também traz muitos encerramentos. Eu estava simplesmente extasiada. Eu meio que sabia alguns detalhes só de ter conversado com Julie [Plec, cocriadora], mas eu achei um final lindo para os oito anos de voltas e reviravoltas, personagens, crushes, corações partidos, triângulos amorosos, relacionamentos, morte, vida e tudo mais”.

Matt Davis (Alaric Saltzman): “Eu fiquei muito emocionado com isso. Sempre que você tem aquele momento em que os personagens do passado reaparecem e se encontram, eu sempre fico emocionado com isso”.

Zach Roerig (Matt Donovan): “Eu acho que terminar este programa foi provavelmente a coisa mais difícil que Julie teve que fazer como escritora. Ela e Kevin [Williamson, roteirista] fizeram um ótimo trabalho. Mas eu realmente adorei o sacrifício de Stefan – que foi uma bela maneira de terminar. Isso difundiu alguns dos sentimentos que estavam acontecendo de todas as coisas que aconteceram antes, especialmente com a Bonnie. Eu penso que foi escrito de forma muito bela”.

Eai? curtiu o último episódio de The Vampire Diaries? conte pra gente nos comentários e Siga nossa página no Facebook, para receber todas as novidades das suas séries preferidas.
Jemerson Vieira

Jemerson Vieira

Um publicitário que adora tudo sobre séries, inovação e empreendedorismo. Fundou o Cri-Cri para quebrar padrões em críticas e estar sempre atualizado nas coisas que ama!