Séries que você precisa ver #02

Voltamos com aquela sessão maravilhosa de séries que você PRECISA ver e essa, meu amigo, é de explodir a cabeça.

Black Mirror é uma série britânica criada por Charlie Brooker, estreou em fevereiro de 2012 e nesse mesmo ano ganhou um Emmy Internacional de Melhor Mini-série de TV. A série ficou muito conhecida pelo mundo todo, mas só ganhou repercussão no Brasil em 2015 quando foi incorporada ao catálogo da Netflix e, ainda assim, não vejo muita gente comentando sobre ela por aí.

A série tem episódios completamente independentes, ou seja, elencos diferentes, histórias diferentes e sem nenhuma ligação um com o outro. Como o criador mesmo disse, os episódios só tem uma coisa em comum: “todos eles são sobre a forma como vivemos agora – e a forma como nós poderemos viver em 10 minutos se formos desastrados.”

A princípio, você pode começar assistir e pensar “nossa, isso nunca aconteceria na vida real”, mas a cada episódio você tem cada vez mais certeza de que é completamente possível. A série retrata a relação homem x tecnologia com muita coragem e mostra como essa relação pode ser perturbadora de um jeito genial e nada otimista!

Cada episódio é um como um soco no estômago que faz você repensar toda a sua vida e sua relação com a tecnologia porque, com toda certeza, você não quer acabar como as pessoas retratadas na série!

Logo no primeiro episódio, The National Anthem, a princesa britânica é sequestrada e o único pedido do sequestrador para que ela seja libertada é que o primeiro-ministro faça sexo com um porco ao vivo em rede nacional! Esse ep foi quase uma premonição já que em setembro de 2015 foi divulgada uma biografia não-autorizada do primeiro-ministro real, David Cameron, que dizia que o cara colocou “partes privadas de sua anatomia” na boca de um porco morto. Bizarro né?

Em Fifteen Milion Merits, a gente vê como seria se nossa vida fosse um reality show tecnológico e bem doentio. Em The Entire History Of You, todas as pessoas tem acesso a um implante de memória que é capaz de gravar tudo o que nossos olhos veem e você pode voltar pra ver sempre que quiser! Qual a chance de dar tudo errado?

Agora um dos episódios que mais me pegaram desprevenida foi o The White Bear, o S02E02. Como eu já estava meio calejado, comecei a assistir o episódio achando que já tinha sacado toda a história, mas óbvio que eu não tinha a menor noção do que ia acontecer. Nesse, a gente conhece a história da Victoria que acorda numa casa sem saber quem ela é e onde ela está, ela sai pra rua e todas as pessoas que ela encontra não falam com ela, só ficam filmando com o celular tudo que ela faz! Ela começa a ser perseguida por um cara mascarado e armado, até que encontra um casal que começa a ajuda-la e contam pra ela o que está acontecendo. Aí parece que a gente entendeu tudo, mas ops! Tamo errado de novo! Hahaha. O final é extremamente perturbador e surpreendente! Só assistindo pra saber!

Black Mirror é uma série que REALMENTE te faz pensar e se sentir mal de um jeito bom. Faz sentido? Hahaha. Faz você ter certeza do que NÃO quer ter ou fazer com os adventos da tecnologia, ideias que na teoria parecem ser geniais, mas quando colocadas em prática por Brooker não são tão geniais assim! Hahaha.

Como vi em algum blog por aí: “Existem séries. E existe Black Mirror.”.

Só assistam. Sério. Boa sorte.

Jemerson Vieira

Jemerson Vieira

Um publicitário que adora tudo sobre séries, inovação e empreendedorismo. Fundou o Cri-Cri para quebrar padrões em críticas e estar sempre atualizado nas coisas que ama!