#Maratonei: Sons of Anarchy

Finalmente chegou a hora de falar sobre a minha série favorita e eu nem sei por onde começar, mas vou iniciar falando sobre quanto ela é injustiçada aqui no Brasil! Quase ninguém fala sobre ela por aqui e nunca é comparada com séries grandes como Breaking Bad e House of Cards, por exemplo, o que eu acho bem injusto! Hahaha.

É uma daquelas séries que eu indico pra todo mundo e ninguém se arrepende de ouvir meus conselhos! A principio, uma história que conta a trajetória de um clube de motoqueiros pode não te agradar, também não me agradou quando me indicaram, mas SoA é muito mais do que isso.  É sobre família, lealdade, amizade, violência, sobrevivência, morte e você pode até pensar que não tem como isso tudo estar relacionado, mas é aí que a série te surpreende.

Estreou em 2008 sem expectativa nenhuma de passar da primeira temporada, mas devido ao grande sucesso, perdurou até a sétima temporada com uma média de 5,4 telespectadores mensais! Em 2015 foi transmitido seu último episódio e deixou muita gente órfã por aí. 🙁

Entrando um pouco na história, a série narra a trajetória do SAMCRO (Sons of Anarchy Motorcycle Club, Redwood Original) que é um moto clube criado por John Teller, Piney Winston e Clay Morrow na cidade de Charming. Os três foram servir na guerra do Vietnã e, como a vida pra quem voltava pra casa não era nada fácil, eles se uniram, criaram o clube e pra ganhar uma graninha, começaram a traficar armas. Pra dar uma despistada, eles criaram uma oficina mecânica na sede do clube pra dar “origem” ao dinheiro. Obviamente ninguém acreditava, mas eles raramente eram punidos por isso já que mantinha a ordem na cidade fazendo acordos com os outros MC’s das redondezas. Porém, a série já começa uns 15 anos depois da morte de John Teller em um acidente de moto, quem assume o posto de presidente do clube é Clay Morrow e o de vice presidente é Jax Teller, o filho de John. E é nele que a série se baseia.

O MC tem o próprio código de conduta, seguem as próprias regras e são muito rígidos com elas, pelo menos no começo. Todas as decisões que envolvem o clube são votadas por todos e se não for uma decisão unânime, eles não fazem nada. A relação de todos é como uma relação familiar mesmo, eles não tem nenhum limite quando o assunto é proteger um ao outro.

O principal conflito da série é que Clay quer expandir o negócio das armas e Jax, inspirado por um manuscrito que seu pai deixou, quer tirar o clube da ilegalidade. Claro que tem outras tretas paralelas que são igualmente tensas, já que as coisas nunca estão 100% tranquilas entre SAMCRO e os outros motoclubes. É uma série com um ar muito dark e pesado, tem cenas sangrentas e muito fortes, haja coração!

Além desse núcleo principal dos motoqueiros, temos Gemma Teller, a mãe de Jax, ex-mulher de John Teller e atual de Clay Morrow que é interpretada por Katey Sagal que ganhou Globo de Ouro de Melhor Atriz em Série Dramática em 2011 por sua brilhante atuação em SoA; Tara Knowles, uma paixão antiga de Jax que volta pra Charming; Wendy Case, a ex-namorada drogada de Jax que descobre logo na primeira temporada que está grávida dele; Wayne Unser que é o atual xerife da cidade e que conhece o MC há muitos anos e muitos outros personagens incríveis que aparecem nas outras temporadas.

O diretor é Kurt Sutter que também atua como um integrante do MC que está preso, o Otto. Além dele, a série contou com outras participações especiais como a de Marilyn Manson, Stephen King, Courtney Love e Dave Navarro.

Como eu disse ali em cima, a série foca em Jax Teller e em como ele tenta proteger sua família, de sangue ou não, a qualquer custo. É incrivelmente interpretado por Charlie Hunnam e você consegue ver na expressão facial dele o quanto Jax muda durante toda a série, é quase outra pessoa na última temporada. É lindo e meio doentio tudo que ele faz pra salvar o clube e sua família, mas ele é completamente leal a tudo que lhe foi ensinado e, claro, aquela é a única vida que ele conhece, não tinha como ele seguir um rumo diferente.

 

Sons of Anarchy é uma daquelas séries que todo mundo morre, então não se apegue a ninguém, SÉRIO! Já to avisando porque eu sofri muito! Hahaha.

Todas as temporadas estão disponíveis no Netflix e eu duvido você conseguir parar de assistir. Depois me agradeçam pela melhor indicação da vida de vocês!

Ingrid Mamolli

Ingrid Mamolli

Mais uma que caiu no conto do publicitário bem sucedido, apaixonada por séries, filmes e tudo relacionado à internet!