#Musiculturando – E se os filmes tivessem outra trilha sonora?

Já imaginou aquela cena de ação, terror ou suspense daquele filme que você gosta sem trilha sonora? E aquele filme romântico e dramático faria você chorar sem a música deprê ou fofinha tocando no fundo? Duvido que não!

A trilha sonora é um dos elementos fundamentais nos filmes e séries, e sem ela, fica difícil compreender a mensagem. Mesmo quando o cinema era mudo e não tinha equipamentos suficientes para captação e reprodução do som, os cineastas já sabiam a importância da trilha e contratavam músicos que ficavam no cinema e faziam a trilha sonora do filme AO VIVO!

Alguns filmes da atualidade usam trilha sonora original, com músicas feitas especialmente para eles; outros usam músicas que chamamos de “trilhas brancas”, que são aquelas músicas instrumentais que podem ter seus direitos comprados; alguns filmes usam os hits atuais das paradas musicais; e em casos específicos, existem filmes com a trilha sonora composta inteiramente por um músico/banda só! É o caso, por exemplo, do filme “Into The Wild” (que por sinal é muito bom! Recomendo!) que tem sua trilha sonora inteira composta por Eddie Vedder, vocalista da banda Pearl Jam! O resultado é mais que incrível!

 

E algumas trilhas sonoras ficam tão (ou até mais) famosas quanto os filmes. Não tem quem não conheça a Marcha Imperial do Star Wars, aquela música chiclete de GhostBusters, as músicas icônicas dos filmes da Disney e aquele instrumental maravilhoso de Harry Potter.

 

Mas já pensou como seria se o diretor musical enlouquecesse e colocasse músicas aleatórias nas cenas mais icônicas do cinema? Será que as cenas teriam o mesmo sentido? Bom, não precisa esperar o diretor enlouquecer, eu fiz isso pra você (hahaha)!

Psicose

O filme dirigido pelo Hitchcock, ainda que em preto e branco, faz muito sucesso até hoje e é marcado pela icônica cena do chuveiro. Claro que a cena vem acompanhada de uma trilha sonora bem assustadora que ficou conhecida mundialmente. No mesmo ano de lançamento do filme, 1960, Elvis Presley estava nas paradas de sucesso musicais com seu hit “It’s Now Or Never”, já pensou se colocassem essa baladinha romântica na cena como trilha sonora?  olha aí como ficou:

O Iluminado

Filme de terror é proibido para crianças, mas alguém me explica por que só tem criancinha assustadora no elenco? Pra você ver como a trilha sonora modifica completamente o sentido da coisa, coloquei uma música infantil nessa cena clássica do filme “O Iluminado”, dirigido por Stanley Kubrik (hahaha):

Aladdin

Só finalizando… para assustar qualquer criança, basta mudar a trilha sonora de um filme infantil. A música e os efeitos é que dão os sustos e fazem a cena ficar horripilante. Eu, particularmente, já acho que nos filmes infantis acontecem coisas ruins o tempo todo, se a trilha não fosse fofinha a classificação etária já teria mudado.

 

Eai? Estranho ver filmes clássicos com uma trilha totalmente diferente né? Curta o Crítica Criativa e acompanhe as nossas novidades sobre os assuntos mais interessantes do cinema

Tiago Gomes

Publicitário otimista!