Crítica: Truque de Mestre 2 – O Segundo Ato

O quê motivou a criação de um segundo ato para o filme Truque de Mestre? 

Segundo a opinião dos críticos especializados no assunto, da mídia comum, o filme está de ruim pra péssimo. Mas para nós, a resposta é simples: Truque de Mestre 2 é um filme que te deixa atento aos seus acontecimentos. 

Por mais que sejam claras as fraquezas do roteiro do filme Jon M. Chu , tanto o primeiro quanto o segundo filme mantém o público atento durante todos os momentos. O segundo filme bebe da mesma fonte do anterior, temos novamente em cena os quatro cavaleiros (um grupo de mágicos que se uniu a fim de fazer parte de uma organização chamada “olho” e para entrar precisa cumprir alguns desafios) , sendo três da formação “Original”: J. Daniel Atlas (Jesse Eisenberg), Jack Wilder ( Dave Franco ), Merritt McKinney(Woody Harrelson)  e uma nova cavaleira chamada Lula (Lizzy Caplan), responsável por completar o grupo após a saída de Henley (Isla Fisher)  por um motivo não explicado no filme.

Após a tentativa de desmascarar um novo alvo, o grupo de cavaleiros é desmascarado em publico e se torna alvo do FBI, que também vê seu agente Dylan Rhodes ( Mark Ruffalo) ser desmascarado como o quinto cavaleiro do grupo. O responsável por desmascarar o grupo é Walter Mabry ( Daniel Radcliffe ) que se anuncia como filho de Arthur Tressler (Michael Caine), o milionário desmascarado e roubado no primeiro filme pelo próprio grupo de cavaleiros.
Com o decorrer do filme, o objetivo dos cavaleiros torna-se expor Walter ao mundo, já que o jovem se assume como um vilão das sombras.

O filme segue a mesma forma do anterior, com grandes cenas visualmente bem elaboradas, com roteiros aparentemente direcionados para que os truques dêem certo, em certos momentos chega a ser um incomodo como todos os truques são meticulosamente calculados e todos os personagem brigam não entre si, mas com seu próprio ego para ver quem é mais inteligente que o outro. De qualquer forma, o filme reserva uma reviravolta semelhante ao primeiro ato.

Em resumo, Truque de Mestre é mais um filme para você não levar a sério, se quiser ter um bom momento de diversão com quem estiver com você, esse é o filme ideal. Vocês irão se prender a uma narrativa que tem momentos alucinantes. Se você for daquele tipo de pessoa que só consegue ver o filme por conta de sua crítica, história ou desdobramentos, Truque de Mestre não é sua melhor escolha. No geral, é um filme que com certeza irá lhe arrancar algumas risadas, te deixará curioso para ver o desdobramento e você provavelmente irá recomendar para quem perguntar a respeito dele.

Se já assistiu o filme, conte pra gente o que achou. Se ainda irá assistir, comente a baixo quais são suas expectativas para a continuação do sucesso de ilusionismo nos cinemas.

Jemerson Vieira

Jemerson Vieira

Um publicitário que adora tudo sobre séries, inovação e empreendedorismo. Fundou o Cri-Cri para quebrar padrões em críticas e estar sempre atualizado nas coisas que ama!