Crítica: Game of Thrones | 07×02 | Nascida da Tormenta

No segundo capitulo da sétima temporada de Game Of Thrones, intitulado Stormborn ~ nascida da tormenta ~ Daenerys se destaca com escolhas de uma verdadeira Rainha, Jon enfrenta problemas em Winterfell e Melisandre confirma a teoria de que não teremos apenas um, mas dois “Azor Ahai”.

Sinopse: Daenerys (Emilia Clarke) recebe uma visita inesperada. Jon (Kit Harington) enfrenta uma revolta. Tyrion (Peter Dinklage) planeja a conquista de Westeros.

Stormborn era um episódio extremamente aguardado para dar inicio ao que de fato serão as resoluções desta temporada, muitos esperavam que fosse um episódio focado principalmente nas escolhas de Daenerys, mas o que se viu foi um grande avanço em diversos núcleos, com coisas que influenciarão no desfecho da temporada.

Gostaria de destacar que uma das coisas que mais me emocionaram no episódio foi justamente a possibilidade de ver em cena personagens amados e odiados na série sendo reunidos. A definição de estratégia de guerra entre os aliados de Daenerys com a presença de Tyrion, Verme Cinzento, Missandei, Olenna Tyrell, Theon Greyjoy, Yara Greyjoy, Lord Varys e Ellaria Sand teve diálogos de arrepiar e nos fez lembrar porquê Tyrion é um dos personagens mais amados pelos Fãs de Got.

Além disso, vale destacar a presença e citação da profecia por parte de Melissandre – FINALMENTE – de forma objetiva e “clara”. Que além de levantar novas teorias, com certeza dará força a todos aqueles que acreditavam que o Azho Ahai não seria apenas um personagem, mas sim a união entre Daenerys e Jon snow contra os White Walkers. Pois é meus amigos, estamos cada vez mais próximos do tão aguardado encontro entre Gelo e Fogo.

Em Kingslanding, Cersei mais uma vez mostra que não está para brincadeira e agora conta com uma grande e perigosa arma capaz de  – provavelmente – matar Dragões. Além disso, mostra como é uma boa estrategista e com a ajuda de Jaime, ganha cada vez mais força perante as casas “que restaram”, em torno de Kings Landing.

Pausa para: Que cena espetacular aquela em que podemos ver o Crânio de Balerion. Em???

Um melhores momentos deste episódio foi o encontro entre Arya e Nymeria (era ou não era ela?), pudemos ver quão gigante a loba está e como sua alcateia é realmente perigosa. Além disso, vale destacar que finalmente Arya ficou sabendo do desfecho da batalha entre Jon e Ramsay e que Winterfell voltou a ser dos Stark.

O episódio termina com uma batalha – que já estava prevista nos trailers – de tirar o fôlego, graças a Euron Greyjoy que como prometido à Cersei, não voltará a Westeros sem um ótimo presente para a Rainha.

Em resumo,  stormborn entrega a essência de Game Of Thrones e mescla de forma majestosa excelentes diálogos, uma bela e sangrenta batalha, cenas magníficas, aguardados encontros e garante recompensas para todos os fãs.

E é por episódios como esse que Game of Thrones justifica o seu hype. Já estamos ansiosos pelo próximo!

Ficha Técnica:

Episódio 7.02: “Stormborn” (Nascida da Tormenta)
Data: Domingo, 23 de julho
Roteiro: Bryan Cogman;
Direção: Mark Mylod.

Assista a nossa analise do primeiro episódio e veja quais são as expectativas para a nova temporada.

Ansioso para o próximo capitulo? Curta o crítica criativa e participe da nossa cobertura especial da Sétima temporada de Game of Thrones!

Jemerson Vieira

Jemerson Vieira

Um publicitário que adora tudo sobre séries, inovação e empreendedorismo. Fundou o Cri-Cri para quebrar padrões em críticas e estar sempre atualizado nas coisas que ama!