Crítica: Como eu era antes de você

Começaremos esse post jurando solenemente não dar nenhum spoiler impertinente! Oremos…

Como eu era antes de você é a versão cinematográfica do Best-seller  de mesmo nome, escrito por Jojo Moyes, este romance conta a história de Louisa Clark, uma garota comum que mora com os pais numa pequena cidade da Inglaterra. Sem muitas ambições ela ama seu trabalho como garçonete num café perto de sua casa. Sua vida começa a mudar quando ela perde o emprego e após diversas tentativas em outros serviços, sem obter muito sucesso, acaba aceitando o trabalho como cuidadora de Will Trainor, um jovem de 35 anos que após um trágico acidente tem sua vida presa a uma cadeira de rodas, e é em torno desse ambiente que “Como eu era antes de Você” ganha vida.

No papel de Louisa Clark temos a incrível Emilia Clarke (até o nome combina com a personagem hahaha), aclamada pelo seu personagem em Game Of Thrones, além de Sam Clafin como Will Trainor, que pode ser visto em outras produções como Jogos Vorazes e Simplesmente Acontece.

O filme consegue ser agradável tanto para quem leu o livro, quanto para aqueles que estão tendo contato com a história pela primeira vez nos cinemas, para esses dois públicos só temos uma dica: preparem os lencinhos, sério!

Porque, quem sair das salas de cinema sem estar com a cara inchada, coriza ou funga-funga é um insensível sem coração! (tá, se você não chorar ainda podemos ser amigos)

O longa aborda questões sensíveis, polêmicas e traz muitas reflexões a quem se deixar encantar por essa história.

Um dos pontos positivos é que a adaptação se mantém fiel ao livro, reduzindo assim a chance de você ouvir a famosa frase :  “a versão do cinema pecou, não foi fiel ao livro e blá blá blá whiskas sachê”. A versão cinematográfica foi o mais fiel do que imaginávamos que seria, as partes que não aparecem no filme não tiram o sentido do restante da trama.

É um filme doce, emocionante, que mexe realmente com sentimentos do público, não fala só de amor, fala de coragem, renúncia, aquela velha história de que temos domínio sobre os outros, quando na verdade não somos donos nem de nós mesmos, fala de escolhas nem sempre fáceis, fala de quanto a vida é preciosa e que precisa ser vivida da maneira que ela merece, intensamente!

Sobre os personagens, bem, nesse instante nós queríamos muito ser melhores amigos da Louisa Clark, Emilia Clarke parece que foi concebida para fazer esse papel. Só não espere ver a Daenerys Targaryen gritando “Where are My Will!”, rsrs!

Quanto a Will Trainor, é bom vê-lo além das arenas de Jogos Vorazes. Atuações distintas, que se completam, que dão o tom de qualidade que torna o filme tão apaixonante quanto o livro.

Obs: Uma continuação do livro foi lançada, leva o nome de “Depois de Você” e foi escrito a partir dos incessantes pedidos dos fãs que queriam porque queriam saber que outros fins tiveram os personagens de “Como eu era antes de Você”.

Se você já assistiu ou ainda pretende assistir o filme, nos diga:  quantas caixas de lenços foram necessárias para parar o dilúvio proveniente de seus olhos?

Jemerson Vieira

Jemerson Vieira

Um publicitário que adora tudo sobre séries, inovação e empreendedorismo. Fundou o Cri-Cri para quebrar padrões em críticas e estar sempre atualizado nas coisas que ama!