Carros 3 – 11 anos de Corridas

O novo filme dá franquia Carros é divertido, emocionante e fez com que esquecêssemos do segundo filme.

 

A 11 anos atras estreava a então mais nova animação da Disney, tinha uma proposta diferente dos demais filmes da Pixar, o filme mostraria o dilema do corredor Relâmpago McQueen após se perder no caminho da sua mais importante corrida. Também a 11 anos atrás eu estava com 10 anos de idade (é estranho perceber isso) e o filme rapidamente se tornou o meu filme favorito, a ponto de eu assistir todo santo dia e até ter um caderno personalizado da animação.

Onde você quer chegar Rodrigo ? Bom, vamos lá.

Quando sentei na cadeira do cinema, e logo de cara vi uma cena marcante presente no primeiro filme, me passou um flahsback pela cabeça, como se esses 11 anos fossem a pista oval e eu fosse o Relâmpago lidando com os adversários e com as curvas. Me emocionei de cara, e percebi que aquele filme além de ter feito parte da minha vida, foi importante para que eu esteja escrevendo sobre cinema também.

Resultado de imagem para carros 3

A trama do filme ainda é simples(Dentro do padrão Disney/Pixar), trás um novo dilema para Mcqueen, o de saber a hora de parar. O então fenômeno das corridas durante anos, Relâmpago Mcqueen, vai sendo levemente ultrapassado pela juventude dos outros corredores.

Acredito que esse seja o auge da animação, o processo para que McQueen entenda que está ficando ultrapassado, me fez lembrar grandes nomes do esporte próximos de encerrar suas carreiras, nomes como: Ronaldo, Peyton Manning e Kobe Bryant mais recentemente e também me fez lembrar nomes como Paulo Baier e Rogério Ceni, que mesmo com a idade batendo na porta esticaram o máximo possível para pendurar as chuteiras.

Com o gancho dos esportes vale ressaltar a divertidíssima equipe de dublagem, é muito bom nomes referência no esporte estarem presentes no filme, ver Fernanda Gentil, Silvio Luiz, Everaldo Marques, Rômulo Mendonça e Rubens Barrichello com as suas vozes presentes no filme de alguma forma, ajudam a entrar ainda mais na história que com certeza tem como ponto forte a dublagem Brasileira.

Resultado de imagem para carros 3 personagens

Ver o ciclo de carros se fechar como agora realmente emocionante(especialmente para mim), perceber o que esses 11 anos fizeram comigo e com Mcqueen, me renderam lágrimas ao final do filme.

 


O filme não é nem de longe a melhor animação da Disney/Pixar, mas também não e nem de longe é pior. É um filme gostoso de assistir e assim como Procurando Dory tem a proposta de resgatar a nostalgia dos aficionados da produtora, ótimo programa para família nesse fim de semana.

 

Gostou da Critica ? Deixe seu comentario abaixo e curta a página do Cri Cri no Facebook.

Rodrigo Mota

Rodrigo Mota

Um cinéfilo que cursa Publicidade e Propaganda e é extremamente viciado em Pop! Funkos.