5 Motivos para Jogar Pokémon Go

O Pokémon Go, jogo da Niantic para smartphone que bombou no ano de 2016, teve uma queda de 80% de jogadores no início desse ano, mas ainda está de pé, se reinventando e continua sendo o maior game envolvendo a realidade aumentada.
Um dos animes de maior sucesso em alguns anos atrás recebeu essa repaginada em formato de game, que consiste em capturar pokémons e lutar nos ginásios. Só que pra isso tem que deixar de ser preguiçoso e andar.
Caçar os pokémóns ainda pode ser divertido e se você desinstalou seu jogo vou te dar 5 motivos para baixar novamente, ou se você ainda joga, 5 motivos para continuar jogando.

1 –   2ª Geração

Em fevereiro desse ano, mais de 80 novos pokémons entraram na Pokédex. Esses pokémons são da 2ª geração e se o jogo estava sem graça por você já ter encontrado e capturado todos os outros monstrinhos, essa é a sua hora de conseguir os novos. Os pokémons iniciais dessa geração são Chikorita, Cyndaquil e Totodile e os mais raros são Tyranitar, Unown, Ampharos etc. Garanto que agora dá pra continuar jogando por um bom tempo até encontrar todos.

2 – Raids

O game está em constante atualização, e a mais nova trouxe uma reformulação muito importante para os ginásios, que agora estão mais bonitos, com regras diferentes e viraram também pokéstops. Mas o mais legal é que, algumas vezes no dia, um Pokémon boss (chefe, em inglês) toma conta do ginásio por algumas horas e os jogadores podem lutar com ele, e se for vencido pode ser capturado. Quanto mais poderoso for o ‘boss’, mais pessoas têm que lutar juntas para derrota-lo, o que trouxe uma interatividade muito boa para o jogo. Tem até Tyranitar, Vaporeon e Gengar na parada das batalhas Raids.

3 – Eventos

A Niantic já tinha prometido, mas nunca tinha rolado. Nesse mês de julho (até que enfim) aconteceu o primeiro evento global do Pokémon Go, o Pokémon Go Fest! O evento foi realizado em Chicago, e a galera tinha que ir até o local para jogar e alcançar os objetivos. Cada objetivo alcançado traria um benefício e os jogadores do mundo inteiro poderiam ajudar.  O problema é que foi mal organizado (filas enoooooormes), os servidores da Niantic não aguentaram tanta gente jogando e aí deu ruim e a galera ficou revoltada. No fim, os objetivos foram alcançados, durante 48 horas os jogadores do mundo inteiro ganharam o dobro de XP, candie e diminuiu a quilometragem do buddy e dos ovos.

4 – Lendários

Eles chegaram! Os tão aguardados lendários foram vistos e capturados. Lembra que eu falei das batalhas Raids? Então, os lendários estão entre nós, mas não são fáceis de conseguir. Eles são nível 5 de dificuldade (nível máximo) nas batalhas Raids e é recomendado que 20 pessoas lutem ao mesmo tempo contra eles para derrota-los. E mesmo após derrotados e com as Premier Balls é difícil conseguir captura-los. Até agora só o Lugia e o Articuno foram liberados.

5 – Amizades

No fim das contas, o que vale mesmo é a interatividade que o jogo traz. No centro e nos parques das cidades é onde estão concentrados mais Pokéstops e aí a galera se reúne e fica tudo mais divertido. As batalhas precisam de cooperação e as redes sociais estão cheias de grupos que se organizam para jogar. Vale a pena sair em busca (com segurança) dos pokémons com os amigos e só o que não vale é criar inimizade se te derrotarem no ginásio (hahaha).

Tiago Gomes

Publicitário otimista!